PORQUE NADA DIZEM?

A ESPN Brasil levou ao ar uma matéria sobre basquetebol focalizando as técnicas
e o futuro da modalidade.Entrevistou técnicos,antigos e atuais jogadores,jornalistas
e dirigentes.Uma conclusão foi unânime,a necessidade de massificar a atividade,
principalmente na escola,e a constatação, quase unânime, de que jogamos dentro de nossas tradições,e que so deveriamos melhorar na defêsa.Acredito firmemente que esse
pessoal ainda não caiu na real de que esporte escolar foi varrido das prioridades nacionais, desde que a formação dos futuros Professores de Ed.Física passou da alçada dos Centros de Ciências Humanas das Universidades, para os Centros de Ciências da Saúde,a partir dos anos 70,desencadeando o nascimento dos bacharelatos,e
finalmente com a criação do Conselho Federal de Educação Física, que formalizou a
categoria de Profissional da Educação Física, retirando-a do conceito
de educação integral, que é a base da pirâmide escolar,transformando-a acessória do processo,sendo inclusive optativa em vários segmentos da sociedade.Foi um projeto
extraordinariamente bem conduzido, para que se transformasse no formidável e rentável
negócio dos dias atuais.Educação Física e Desportos na escola so atrapalhariam o desenvolvimento dessa formidavel industria.Para os pobres,que são a maioria, os convênios terceirizados com prefeituras,ONG’s, estados e até governo federal são uma
garantia de bons negócios para empresas que se especializaram no setor,cujos lucros
seriam infimos se as atividades desportivas fossem da alçada exclusiva das escolas,
que fizessem parte do processo de educação integral, fator garantido pela constituição do país.Quando vemos um ministro dos desportos advogando em conjunto com
o COB politicas que deveriam ser exclusivas do Ministério da Educação,temos a absoluta certeza de que algo está profundamente desvirtuado em nosso país,quando
constatamos que o sagrado principio da educação integral foi mandado às favas.
Massificar desporto fora da escola, fora dos principios da integralização,inclusive
com as artes e a música, cheira a política de que não seja permitido à escola a
consecução de seus mais sagrados objetivos, e que a qualidade da mesma seja adiada
até quando for do interêsse dos legisladores a volta aos níveis de qualidade que tinham no passado. Organizar núcleos de talentos nas escolas é um crime de lesa-pátria, pois exclui de saída aqueles que simplesmente usufruiriam os beneficios de
uma atividade fisica voltada ao processo educacional.E por incrivel que possa parecer
o fato apontado no inicio deste artigo,quanto a formação dos futuros professores
dentro dos Centros de Ciências da Saúde, os colocaram na função paramédica,sob supervisão e orientação fora dos parâmetros pedagógicos, afastados das pesquisas que
enfocam as técnicas desportivas, e deslocados para a pesquisa de interesse médico,
transformando-os em competentes auxiliares médicos, e não donos de seus narizes na
área pedagógica.Agora mesmo corre no Senado Federal um projeto que institui o “Ato
Médico”, que perpetuará tal submissão. Falar em massificação sôa falso perante tais fatos.Se querem fazê-lo comecem redefinindo a escola,redefinindo os papéis de cada setor,redefinindo direitos e deveres que foram surrupiados da mesma.
Ministerio dos Esportes e COB devem tratar de competições,performance de alto nível,
jamais escola. A outra conclusão também sôa mais falsa ainda, pois tentar convencer
a todos nos que jogamos atualmente dentro das nossas tradições é de uma insensibilidade que beira ao cinismo. Somos uma cópia canhestra do que chamam o
“basquete internacional”,cujo modelo que vem sendo seguido nos últimos 20 anos é o da
NBA, completamente fora, aí podemos afirmar com certeza,das nossas tradições.O porque
disso tudo? Muitos de nos bem o sabemos,mas muitos se omitiram, e poucos,muito
poucos reagiram. Mas como disse,são muito poucos. Desporto é uma ação educativa,
auxiliar no processo escolar, e que se bem orientada gerará talentos para serem
encaminhados para a competição mais adiante.Mas para isso os professores da área tem
que estar ligados aos demais professores, como um único corpo,voltado ao processo da
educação integral.Profissionais da Ed.Fisica não pertencem a este corpo, pois constituem profissão à parte,com formação pragmática e com controle exógeno,
totalmente dissociado da escola.Seria interessante a fundação dos Conselhos Federais
dos Profissionais da Matemática,do Poruguês,da História,da Biologia,etc,etc…e mais
interessante ainda seria observar como tais conselhos gerenciariam o processo escolar
base intelectual da nação.Por tudo isso so nos resta a constatação de quão diabólico
plano a Educação Física foi vítima,plano este magistral, e que constitue no presente
o segundo segmento mais rentável no país, e que so foi possivel de ser criado com a
mudança na formação do Professor de Ed.Fisica,tirando-o da linha humanística e
levando-o para a linha pragmática das Ciências Médicas.Foi um golpe de mestre.



Deixe seu comentário

Comentários Recentes


    Warning: mysql_query(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_query(): A link to the server could not be established in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 8