A HOMENAGEM…

Não pude lá estar, acompanhei pela televisão a grande homenagem que os desportistas e o governo de Brasília prestou aos campeões mundiais de 59 no Chile, um merecido preito na passagem do cinqüentenário daquela formidável conquista. Mas me emocionei na visão daquele mar de cabelos brancos, daquelas rugas marcando rostos risonhos e felizes pela lembrança cívica, pelas furtivas lagrimas derramadas com emoção, e pelo exemplo de suas vidas dedicadas ao esporte e ao trabalho honrado. Alguns já se foram, mas aqueles que lá estiveram representaram com honra e dignidade suas sentidas ausências.

Leia mais »

DÉJÀ VUE…

“Vamos combinar o seguinte, ninguém marca para valer, porque ninguém é de ferro, e quem fizer a última vence o jogo, combinado?”.

E assim foi, principalmente fora do perímetro, onde uma enxurrada de arremessos de três fez estremecer o acanhado ginásio do Pinheiros, que com a má colocação das câmeras sugeria um local despovoado, já que uma das laterais é limitada por um enorme paredão. Patrocinador precisa de muita gente na promoção de seu produto, mas que no caso da Eletrobrás e da Rede Globo não muito, já que solidamente estabelecidas.

Leia mais »

TROMBETEANDO O DESFECHO…

Dois meses e alguns dias nos separam da eleição na CBB, quando concorrem ao mandato três compadres de longuíssima data, claro, atualmente convenientemente rompidos no intuito de convencerem a ignara claque de que mudanças haverão de existir ao final do pleito, ao mesmo tempo em que a também conveniente animosidade que sugere diversidade de posicionamentos, afaste da competição chapas indesejáveis, já que fora do processo mafioso que os unem.

E um pequeno deslize no planejamento da corriola foi cometido hoje, para muitos, insignificante, mas elucidativo para os antenados nas ondas cerebrais de raposas felpudas que são, sempre prontas na defesa escamoteada e mimetizada de sua matilha. A CBB anunciou hoje a composição de todas as comissões técnicas das divisões de base para o próximo ciclo olímpico, tendo no comando os mesmíssimos supervisores e técnicos que nos premiaram nos últimos anos com a terceira posição no cenário sul americano. E o fizeram na mais absoluta certeza da continuidade do projeto, inclusive já estabelecendo o pré treinamento da seleção sub 16 feminina para o inicio de fevereiro, para um campeonato que se inicia em meados de junho.

Leia mais »

SABE?…

Sabe? Nunca na história desse país… E lá se foi o nosso condutor dissertando ante três respeitosos e contidos jornalistas, sobre esporte, com relevo ao futebol, e dando fortes pinceladas nas demais modalidades, principalmente no esporte colegial.

Realmente, nunca na história deste país um presidente da república foi A Bola da Vez, transmitida ontem pela ESPN Brasil. Poderia ter ficado no futebol, com seus times preferidos e torcida apaixonada pela seleção, que já seria o suficiente para o incremento vertical de sua proverbial popularidade. Mas não, enveredou pelo desporto olímpico, pelo desporto colegial, que é um aspecto altamente constrangedor em seu, e nos anteriores governos, desde Mem de Sá.

Leia mais »

A EMOCIONANTE BATALHA…

Foi um jogo emocionante, disputadíssimo e muito bem jogado, principalmente pelas defesas, que aos poucos vão sendo valorizadas pelas equipes e pelos jogadores em particular. E esse é um ótimo indício, pois a melhora defensiva provoca automaticamente uma melhora ofensiva, num circulo de progresso permanente. Tanto Limeira, como Franca defenderam com ardor e muita técnica, propiciando ataques e contra ataques que transformaram a partida num espetáculo digno de ser visto e aplaudido.

Limeira, agora a caminho de se tornar uma equipe de verdade, venceu com méritos este quarto jogo, conquistando o campeonato após uma batalha somente resolvida na prorrogação, a segunda nessas finais, numa demonstração do quanto existiu de equilíbrio entre os dois contendores, que desde já se situam como fortes candidatos ao título nacional.

Leia mais »

PENSANDO EQUIPES E SELEÇÕES…

E Franca, com praticamente seis jogadores aptos a disputar uma partida de tal importância não resistiu ao ímpeto de um plantel completo e de boa qualidade. Com uma defesa bastante agressiva e bem distribuída na linha da bola, Limeira forçou muitos erros do ataque francano, e com dois jogadores numa noite profícua nos arremessos de três, Nezinho e Shamell, não deu a mínima chance a uma equipe que declaradamente se poupava na defesa para evitar as faltas pessoais, no intuito de tentar pressionar o adversário nos dois quartos finais. Com um segundo e terceiro quartos arrasadores nos arremessos de três, o plantel de Limeira liquidou a partida sem maiores dificuldades.

Leia mais »

DEFINIR PARA ENTENDER…

Time sm. Nos esportes coletivos, número de pessoas selecionadas que constituem a equipe.

Plantel Bras. (…) Os profissionais de determinada área: O Flamengo tem hoje um bom plantel [PL.: -téis.]

Equipe sf. Grupo de pessoas que juntas participam duma competição esportiva ou se aplicam a uma tarefa ou trabalho.

Elenco SM. 1 Lista, rol. 2. Conjunto dos atores de uma telenovela, de um filme, de uma peça, etc.

( Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa )

Muito bem, em qual definição, ou definições, poderíamos alocar Franca e Limeira em suas participações no campeonato paulista?

Leia mais »

O VETERANO ( E ÓTIMO ) TRIO…

E há quem afirme seriamente que a equipe de Franca pratica um basquete para consumo interno, que seu técnico não dá instruções nos pedidos de tempo, e que Limeira apresenta algo inovador no cenário técnico do basquete brasileiro, além da verdadeira seleção de valores que contratou para esta temporada. Garantiam inclusive, que com as contusões do pivô David e do Guilherme Luz estaria a equipe francana inferiorizada, e possivelmente derrotada no torneio final do campeonato. Li e guardei todas estas opiniões publicadas e comentadas nos vários blogs e mídia voltados à modalidade, e sinceramente, não os levei à serio, pois os caminhos e descaminhos do grande jogo passam pelo conhecimento profundo do que podemos conceituar o que seja uma grande equipe, de como é formada, treinada e preparada para enfrentar situações limites, como foi exemplificado magistralmente neste primeiro jogo da decisão na cidade de Limeira.

Leia mais »

PORQUE A QUARTA VIA?…

Porque sugiro uma quarta via com o pessoal da LNB? Porque já estão constituídos juridicamente, apoiados por clubes de relevo nacional, assim como suas respectivas federações. E mais, estão ancorados num projeto forte e bem estruturado, tendo no comando dos diversos segmentos do mesmo um pessoal historicamente atuante no cenário desportivo nacional, além do suporte sério e competente de seu mentor e líder, Kouros Monadjeni.

Leia mais »

O GRANDE E PESADO EQUÍVOCO…

E não choveu nem trovejou, mas antes tivesse caído um temporal daqueles levando a rede elétrica abaixo, pois me pouparia de assistir um dos piores jogos de uma equipe que vinha progressivamente se incluindo em um novo tempo técnico tático, o nosso rubro negro de tantas glórias, mas que resolveu voltar no tempo contratando um pivô de choque, com um currículo internacional de seguidos equívocos, fraco tecnicamente e incrivelmente ingênuo na doce pretensão de se considerar um astro internacional. E deve ter custado caro seu contrato, haja vista o longo impasse para sua contratação. Resultado? A equipe deu marcha à ré no seu evolutivo modo de jogar, abandonou a vitoriosa e convincente dupla armação, e voltou-se para o jogo estratificado e centrado na força e no duelo de massas dentro do garrafão.

Leia mais »

Comentários Recentes


    Warning: mysql_query(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_query(): A link to the server could not be established in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 8