A UNANIMIDADE ENTROSADA.

Nelson Rodrigues afirmava que “toda unanimidade é burra”. “Cada um atua mais como técnico do que como assistente.Nós formamos um grupo muito homogêneo e harmonioso”,é a definição da comissão técnica da seleção brasileira nas palavras de seu técnico principal,ou técnico 1.Meu Deus,como pode haver harmonia onde técnicos agem como técnicos e não como assistentes?É a tal unanimidade definida pelo nosso grande dramaturgo.Um dos técnicos-assistentes,ou melhor,assistentes-técnicos,ou melhor ainda,técnico 2,explica didaticamente que”Cada técnico tem uma personalidade e complementa bem o grupo.São visões diferentes,cada um se expressa do seu jeito,mas sempre chegamos a um resultado em comum”.Como um comando pode se impor ante “visões diferentes” de seus subalternos?Como verão e sentirão liderança os jogadores ante tais “visões diferentes?”Se são técnicos e não assistentes qual ou quais personalidades se imporão aos jogadores na hora da verdade? “O nosso trabalho está cada vez mais ciêntifico e tecnológico.Nós temos um bom relacionamento com técnicos de outros países.Já ficamos uns dias em Denver em 2003,e o técnico 2 ficou três meses em Phoenix este ano.Estamos sempre nos atualizando através de pesquisas ou participações em cursos internacionais”afirma o técnico 3,complementando mais adiante”às vezes acontece de termos opiniões divergentes,mas sempre chegamos a um denominador comum”, o que é inacreditável,em se tratando de um “grupo homogêneo e harmonioso”.Se atualizam através pesquisas…mas que pesquisas?As que fazem ou lêem? Quais? Ou será que manipular estatísticas percentuais virou pesquisa? “São técnicos com alta capacidade e todos têm o mesmo direito dentro da comissão,sempre respeitando o técnico 1 como Head Coach.Todos opinam,mas a decisão final é sempre dele…Eles não tem um técnico só.Eles sabem que o técnico 1 é o principal,mas que também podem contar com os outros” afirma o técnico 2.Deus meu,comando não se divide,é conquistado
pela experiência,luta,perseverança,e acima de tudo competência.È o ápice de uma carreira profissional,caminho este que os assistentes deverão percorrer por um longo e incerto caminho.Assistente está lá para aprender como se comanda,e não dividir comando,pois se assim não for,no caso de nossa seleção com quatro técnicos, nada impedirá que haja discordâncias naqueles momentos de decisão,que só pode ser tomada pelo comandante,solitariamente como todo comando,assumindo os riscos de suas decisões
e não dividindo convicções indivisíveis.”Com os avanços tecnológicos na área esportiva,houve a necessidade de agregar mais um técnico na comissão.Além de fazer o trabalho de quadra uma das minhas funções é a parte de vídeo.Nos filmamos os treinos,fazemos a edição e analisamos nas reuniões.”Essa é a opinião do técnico 4,que
autoproclama sua necessária agregação à comissão,como se o conhecimento de vídeo,totalmente automatizado e digital,fosse o passaporte para sua convocação.Tal concessão diretiva bem que poderia deixar em aberto a vaga de técnico 5 para alguém que tenha boas referências culinárias,e que se amolde ao espirito homogêneo e harmonioso do grupo,que unanimemente promoverá a enxurrada de passes a cada ataque da equipe,onde os pivôs virão para a linha dos três pontos participar do festival de pseudos corta-luzes(faltosos na maioria das vezes)e passes laterais,deixando os rebotes para os adversários,e culminando com arremessos longos nos dois ou três segundos finais dos 24 permitidos,se não forem eles mesmos,os pivôs,a executá-los.Quanto aos armadores,que tratem de treinar corridas de fundo,pois é o que passaram a praticar com a imposição do passing game,sistema que os quatro técnicos empregam em seus clubes com homogênea e harmoniosa unanimidade.A ironia de tudo isso é que os técnicos das duas equipes finalistas do campeonato nacional,que foram as únicas a fugirem da mesmice ao utilizarem dois armadores puros,numa mudança realmente significativa em qualidade técnica,estão fora desse processo decisório e de capital importância para o futuro de nosso basquetebol.No fim das contas,e na hora da verdade
vamos ver quem realmente manda e comanda,apesar da homogênea harmonia. Talvez a companheira inseparável de todos eles,a inefável e coreográfica prancheta,grite Shazan! e salve a todos,inclusive o grego melhor que um presente.Que os deuses nos ajudem.



Deixe seu comentário

Comentários Recentes


    Warning: mysql_query(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_query(): A link to the server could not be established in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 8