PERGUNTAS E RESPOSTAS

Já não posto um blog a duas semanas,o que tem me deixado preocupado.Falta de assunto?
Creio que não,mas talvez um sentimento de repetição explícita,pois nunca,nesses mais de 40 anos que milito no basquetebol o vi tão travado,tão aviltado,tão rasteiro,tão covardemente ferido.Nunca tantas absolutas nulidades se mantêm no seu comando(?), nunca o vi em tal abandono,ao ponto que equipes da nóvel NLB já são afastadas exatamente por esse motivo.No entanto,a NBA envia um seu representante para divulgar o mais novo produto voltado ao povão,povão?Ledo engano,voltado à internet de banda larga,território sagrado das elites,em qualquer país de terceiro mundo,afastando para cada vez mais longe o acesso da massa infanto-juvenil às informações sobre o jogo.Basquetebol em rede aberta então,nem pensar,mas as obras do Pan,os arrojos arquitetônicos de estadios megalomaníacos,estes sim,merecem laudas nas midias jornalísticas. Praparação de jovens em contrapartida às verbas alocadas aos monumentais canteiros de obras,nem pensar!Pagar bons técnicos e professores,ajudar atletas carentes,orientá-los,educá-los,alimentá-los,o que é isso?O que sobraria para as pobres empreiteiras?Para os politicos de ocasião?Para os empavonados e vaidosos dirigentes esportivos?Por tudo isso,faltou-me um pouco da disposição que nunca deixei
de ter,salvo em alguns momentos de falência física.Mas eis que recebo um email,no qual é mencionado um jogo do campeonato nacional,a que assisti consternado,pela total
ausência de qualidade do mesmo.Tomo a liberdade de transcrevê-lo:

Responder para: H. L. Gonçalves Data: Tue, 07 Feb 2006 13:06:48 -0200
Status: Normal
Cópia:
Caro Professor Paulo,
Tudo bom ?
Sempre quando posso,tenho lido seu blog novamente!
Com as voltas das aulas na Universidade Federal de Viçosa,
não estou vendo mais o Brasileiro de Basquete -CBB- ( por nao ter
tv a cabo aqui)e nao sei se fico feliz ou triste.
Estava em Belo Horizonte e fui assistir o jogo
entre Minas Tenis e Rio Claro.
O jogo foi muito ruim.Infelizmente acho que o basquete nacional
carece de renovação.
Eu e um amigo assistimos dois quartos da partida
à muito contra gosto.No intervalo do segundo para o terceiro periodo,
fomos embora.
Acho que nunca vi um jogo tão ruim de basquete.
Um dia desses,sabado ou domingo agora,leio que o Minas lidera
uma das chaves do Brasileiro.
Que tristeza.
E queria saber quais as chances que temos no Mundial
que se aproxima?!
Acredita em uma colocação melhor do que a do ultimo mundial ?
Ou vamos continuar estagnados ?
Abraço e bom trabalho professor!

Que tal?É ou não é o retrato fiel do mortal furacão que paira por sobre uma modalidade que já foi orgulho nacional? Como escrever sobre um jogo onde a existência de alguns fundamentos básicos é desconhecida pela maioria dos jogadores em quadra?
Armadores que não driblam e não passam,que em contra-ataques,sozinhos,param na linha de tres pontos para um arremesso irresponsável,que tropeçam na bola ao fintar,alas que além de tudo isso,desconhecem corta-luzes e técnicas de rebote,pivôs que colocaram(ou foram incentivados…)na cabeça que são especialistas nos tres pontos,
que desconhecem as técnicas mais primárias das fintas,dos rebotes,dos arremessos?Mas
todos eles engessados em um sistema de jogo,cujas seleções nacionais divulgam e impôem como verdade absoluta para todo território nacional,inclusive através cursos
e clínicas de carater eleitoreiro.E o pior,tendo na direção alguns dos técnicos da comissão da CBB! Vamos continuar estagnados? Dessa forma,caro H.L.Gonçalves,por muito tempo ainda.Chances no mundial? Das duas uma,ou o atual quarteto que comanda através
um entendimento uníssono e de pontos de vistas integrados(o que duvído veementemente)
segundo próprias declarações públicas,muda radicalmente o sistema atual,ou que haja
uma mudança,também radical,em conceitos de comando e liderança,de responsabilidade
assumida,de coragem em inovar e modificar comportamentos,creio que não iremos bem no
mundial,pois ficarão faltando alguns elementos primordiais para uma conquista dessa magnitude,conhecimento,competência e coragem,para além do interior de S.Paulo e da realidade NBA.Na última grande competição,Argentina,Italia,Lituânia,Espanha mostraram que existe basquetebol além daquele mundinho,e que Russia,o que restou da Iuguslávia
aida têm muito a mostrar.Mas num país,em que o máximo para um técnico é estagiar nos Estados Unidos(não importa onde…)e dirigir americanos ruminando um inglês tosco e ininteligível,torna-se a conquista maior,dá medo até de pensar onde iremos parar.Agora,justiça seja feita,mesmo errando por falta de orientação e treinamento,
temos jovens promissores e talentosos,que se bem atendidos dariam excelentes jogadores.Mas isso,caro Gonçalves,é outra história.

12 comentrios

  1. Henrique Lima Gonçalves 13.02.2006

    Caro Professor Paulo,tudo bom ?

    Antes de mais nada,grato pelo texto que lhe enviei ter servido para algo !!

    Professor,a realidade é lamentavel.

    Eu queria mesmo ver os jogos do Nacional de Basquete,seja ele qual for.
    Sempre aprendesse algo.
    Ou o que fazer ou o que NAO repetir.

    Oscar Schmidt virá à Viçosa na proxima segunda feira.De alguma forma irei la ver a palestra dele. Queria perguntar algo porém para minhas perguntas,creio que as respostas já estejam na ponta da lingua.

    O basquete brasileiro está acabando, mesmo com NLB e outras tentativas.

    Uma pena.

    Daqui a pouco falar de basquete no Brasil será tão estranho como falar de baseball.

    Abraço e parabens pela coluna !

  2. Basquete Brasil 06.05.2008

    Prezado Henrique,realmente o seu texto me inspirou bastante,obrigado.Um abraço,Paulo Murilo.

  3. victor henrique oliveira dos santos 23.09.2009

    Caro senhor paulo tenho um problema e gostaria de um conselho.Jogo como pivo em uma turma de treinamento so q ha algum tempo mas naum jogo nao sei porque !meu treinador me manda ate o jogo so q eu so fiko olhando!ele me diz q e porque eu sou novo mas eu naum creio nisso !queria q o senhor me ajudasse dando uns conselhos para eu melhorar o meu arremesso!minha bandeja e principalmente o meu controle de bola porque eu naum consigo jingar sem perder a bola!agradeço desde ja
    atenciosamente
    victor!

  4. Basquete Brasil 24.09.2009

    Prezado Victor, que sutil situação você está me metendo, pois de forma alguma posso ajudá-lo se não o tiver frente a mim, trabalhando, jogando, a fim de que eu possa avaliá-lo sob a ótica técnico tática. Impossivel orientá-lo praticamente sem conhecer seus limites e seus conhecimentos. Por isso, sugiro que navegue pelo blog através o espaço Buscar Conteúdos, onde ao digitar Fundamentos, Drible, Fintas, Rebotes, Arremessos, Defesa, etc. terá à sua disposição uma grande quantidade de artigos técnicos e de fundamentos que o auxiliarão nos seus treinamentos.É o máximo que posso sugerir para ajudá-lo sem estar em contato direto e pessoal com você. Desculpe a franqueza, mas é a pura realidade. Um abraço e continue treinando com afinco e dedicação. Paulo Murilo.

  5. le 21.10.2009

    legal

  6. victor henrique oliveira dos santos 02.12.2009

    Obrigado mesmo assim…..
    desde essa mensagem fiquei um tempinho sem treina pór um acidente….
    mas voltei essa semana.
    estava indo bem ate o meu professor gritar:
    chuta,chuta
    e entaum eu chutei e como sempre de costume a bola batia no aro e voltava para tras.
    foi uma frustraçao para min ver a bola voltando..mas consegui supera….
    queria lhe perguntar se o senhor pode me DIZER ALGUNS EXERCICIOS ,para poder ganhar mais altura em meu pulo,pois tenho um metro e oitenta e cinco,e quatorze anos……
    pois preciso muito pular mais alto para ganhar mais espaço onde jogo…
    Moro em pindamonhangaba
    e treino com roderson……….
    lhe agrade-ço desde ja..
    atenciosamente.
    victor…………AbraçoO..

  7. Basquete Brasil 02.12.2009

    Prezado Victor, você tem somente quatorze anos, suas articulações ainda estão em desenvolvimento, assim como todo seu sistema cardio pulmonar, e sem falar no amadurecimento psicológico. No momento, treine os fundamentos, jogue com alegria, curta a sua idade, e mais adiante, lá pelos dezessete anos pense em fortalecimento articular e fisico.Com os fundamentos bem assimilados e treinados, a tarefa técnico tática e a performance física serão altamente beneficiadas. São etapas a serem vencidas, com paciência e muita dedicação.Quanto aos exercicios para saltos, deixe para mais tarde, como expliquei acima.Deixe a natureza seguir seu caminho natural, é o mais sensato a fazer. Um abraço, e muito suor e sucesso. Paulo Murilo.

  8. victor henrique oliveira dos santos 09.12.2009

    obrigado pelos conselhos
    agora minha turma ira ficar de feria
    e eu tbem e como de costume em todas as ferias engordo
    entao queria lhe pedir alguns conselhos para alimentaçao
    pois ganhar peso acho q nao ajuda na hora de jogar
    acho q cansa mais rapido
    obrigadu
    tchau

  9. ruan guilherme 15.07.2012

    eu jogo basquete todo dia,quando vou dormir me alongo, começo jogar 1 hora da tarde antes de jogar faço exercicio 1 hora da tarde ate 7 horas da noite intervalos so para comer frutas e beber bastante liquido todo dia e a minha alimentação e de proteina vitaminas etc: minhas pernas articulaçoes doi muito fazendo issso me ajuda em que ?

  10. Basquete Brasil 15.07.2012

    Prezado Ruan, fica muito dificil analisar o seu caso, pois não menciona sua idade, o tempo em que pratica o jogo, a cidade onde vive, se tem ou não uma presença técnica a orientá-lo, se pratica na escola ou num clube, enfim, fica praticamente impossível orientá-lo sem um minimo de conhecimento acerca de você. Espero que você providencie uma orientação profissional de um técnico, ou de um professor, a fim de que se materialize o seu desejo de progredir no grande jogo.
    Um abraço, Paulo Murilo.

  11. ruan guilherme 16.07.2012

    tenho 13 anos jogo basquete a quase um ano,eu jogo na minha escola,toda sexta feira jogo basquete e de goleiro faço exercicio alogamentos etc e m casa tem uma cesta de ferro e eu faço exercicio alogamentos todo dia

  12. ruan guilherme 16.07.2012

    comecei jogar em fevereiro de 2012

Deixe seu comentrio