A REDENÇÃO…

Finalmente seremos resgatados!Nosso sempre presente prefeito(exceto no Natal e Carnaval,festas inexpressivas…),o grego melhor que um presente,e,pásmem,David Stern, se unem para,enfim,nos colocar no cenário mundial do basquetebol! Em 2008 seremos abonados com uma partida de exibição pré-temporada com duas equipes da NBA,para em 2010,o êxtase dos êxtases,poderemos apreciar uma partida oficial da grande liga.Até lá,contentemo-nos com nossos míseros campeonatos,com as noticias de nossos craques nos campeonatos lá de fora e com as apresentações do helênico-brasileiro Adonis,na expectativa transcedental de sabermos,ou adivinharmos qual o país, Grecia ou o nosso,contará com os serviços deste formidável adolescente,que pelo peso de seu marketing,deve beirar a genialidade.Até lá,aprimoraremos o passing game,pois não poderemos ficar abaixo do que apreciaremos embasbacados naquelas datas mágicas.Criticos,colunistas e marqueteiros,bem forrados com o patrocinio “enebeano”,ficarão desde já insones,pela conquista maior,pois os deuses jogarão aqui,com todo o amor que sentem por esse tôlo e infantil país.Até lá,constataremos que nada deverá ser implementado de novo em técnica,e em técnicos,pois a revolução que nos tirará do limbo só demorará miseros dois anos,que no raciocínio dessa gente não significa nada.Para quem,como nos,que sistematicamente
omitimos o passado,como que envergonhados do mesmo,soaria estranho recepcionarmos os
artistas inigualáveis que nos visitarão com a lembrança,humilde aliás,de que estarão
pisando o solo de um bi-campeão mundial e três vezes finalista olímpico,mas que só daquele momento em diante passaremos a contar no cenário internacional.Afinal,jogarão
em nossa ex-capital,Buenos Aires,tendo ao fundo um melodioso tango.O máximo será quando agradecermos tão magnânima presença com um profundo e sentido”gracias amigos”!
Hoje mesmo,durante um jogo da liga sul-americana,o nosso grego presidente,desfiou toda uma agenda de atividades das seleções pré-mundialistas e de jovens para esse ano
onde mencionou,literalmente,que poriamos mais uma estrela,a terceira,no escudo da CBB
no mundial do Japão,e que todos,repito,todos os jogadores que atuam na Europa e na NBA estariam certos em suas participações,com seguros vultosos garantidos pela estatal patrocinadora.Ou seja,jogou toda a responsabilidade de possiveis ausências nas costas dos jogadores,já que,segundo suas palavras,as condições técnicas e econômicas estavam garantidas desde já.Econômicas,tenho muitas dúvidas,mas técnicas?
Santos deuses,será que ele,que inclusive foi jogador,acredita sinceramente em tais afirmativas? Sinto muito medo pelo que nos espera,e torço para errar retumbantemente
em minhas desconfianças,pois uma entidade que aposta suas fichas na possibilidade de que, dois jogos para daqui a dois anos representarão uma conquista fundamental para o
nosso combalido basquete,gela minhas veias.Reunir técnicos,o máximo que pudessem,
fazê-los relatarem e verem divulgadas suas experiências regionais;destinarem verbas
para a implementação de polos técnicos visando os jovens,preparando-os nos fundamentos,e não em sistemas escravizantes e bitolados,cortando desde sempre as influências de cima para baixo que uma comissão técnica ousa em querer implantar no país como verdade absoluta;implantar um sistema estatístico que privilegiasse as produções individuais e coletivas pelos coeficientes de produção,e não pelo simplista e manipulável sistema percentual;desenvolver na medida dos possíveis as atividades
no âmbito escolar,protegendo e resguardando os jovens das ruas;incentivar o estudo.
São todo um corolário antítese do projeto NBA.Mais ai não aconteceria a nossa tão
esperada,ansiada e definitiva redenção.Que os deuses nos ajudem,e contritamente,amén.



2 comentários

  1. Fábio 11.03.2006

    Pois é, caro Prof. Paulo…

    Concordo com o que está (muito bem) dito, embora quase tudo que se alcança de informação(no caso de quem começa como técnico)seja esta sub-tática americana, sob a qual condicionam-se não somente corpos mas mentes, criando um subconsciente coletivo que recai para a velha história do cavalo correndo atrás da cenoura… é triste isso…

  2. Basquete Brasil 12.03.2006

    Caro Fabio,você já se soma a algumas vozes discordantes desse modelo selvagem que nos esmaga.Uma a uma outras vozes se somarão,para que num dia,breve ou distante possamos resgatar o verdadeiro jogo.Acredito nessa possibilidade,e por isso sempre me indignarei, falarei,escreverei,até o fim.

Deixe seu comentário

Comentários Recentes


    Warning: mysql_query(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_query(): A link to the server could not be established in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 8