CATANDO OS PEDAÇOS.

O basquete brasileiro agoniza num longo e inaudível suspiro.As leis esportivas cedem lugar às da justiça comum,aquela que julga,e às vezes pune quem comete crimes comuns, tanto na esfera cível como na criminal.Liminares caçam poderes hoje,liminares retroagem amanhã.E todas elas ferem de morte o grande jogo,aquele que deveria, desde sempre, ser dirigido,ensinado,treinado e praticado pelos verdadeiros esportistas,e não por gangues que cada vez mais se encastelam nas administrações esportivas do país.De repente,até que uma contra-liminar seja exarada por poderes que nunca deveriam sequer serem acionados no âmbito desportivo,vemos um dirigente antagônico à administração destituida,ser indicado como interventor,quando alguém fora das pendências políticas deveria ter sido acionado.Se a decisão jurídica for mantida,por não sei que outros poderes,testemunharemos um outro lado de uma moeda que nunca deveria ter sido lançada aos ares.Com uma direção afastada “in totum”,outra a substitui,e o minimo que se espera é que o mais rápido que lhe for possivel,organize e promova uma eleição voltada aos interesses do basquetebol,e não de um novo grupo.Trocar seis por meia dúzia enterraria de vez do que ainda pouco resta.Três são as vertentes a serem corrigidas:a administrativa,que uma boa e técnica auditoria
prontamente resolveria;a técnica,onde verdadeiros e confiáveis técnicos e professores
discutiriam e apontariam os caminhos a serem percorridos,principalmente num ano de competições fundamentais; a promocional, que embasada por projetos factíveis e objetivos formulados pelos técnicos,teria argumentação sólida e transparente,para consolidar apôios nos fundamentais patrocinios,tanto na esfera das empresas privadas, como nas de economia mixta.Mas se for instalada uma caça às bruxas,com vendetas e outras mesquinharias,nada,nada mesmo será conquistado,pois ódio gera ódio,que é a antítese do que deveria ser estabelecido.Não poderá ser esquecido que a direção ora
afastada mantinha uma maioria de votos federativos,o que garantia sua estrutura,e que esses votos,frutos de benesses e vantagens,deverão ser levados em boa conta,
principalmente no que concerne a um comportamento de pronta aceitação à nova administração,mesmo transitória.Um chamamento nacional deveria ser prioritário,no qual aqueles que realmente conhecem e amam o jogo deveriam ser ouvidos,estudados e acionados para que o soerguimento de nosso basquetebol se torne uma realidade,mesmo que venha a custar um bom tempo de sacrifícios e muito,muito trabalho.Afinal catar os
pedaços e tentar reconstruí-los não é tarefa fácil,mas também não é impossivel.Os grandes de espirito sabem como fazê-lo,e para isto basta acioná-los.Tenho a mais absoluta certeza de que valeria à pena.Creio que é o que nos resta,o saber e a grandeza dos verdadeiros desportistas.



Deixe seu comentário

Comentários Recentes


    Warning: mysql_query(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_query(): A link to the server could not be established in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 8