A ARTE DE ENGANAR

Uma notícia postada no Databasket de ontem(27/10), advinda da Comissão Técnica Executiva dos Clubes-CNB 06/07, e com hora de sua expedição(09:47 h), comunica que no próximo dia 30/10,na Sala de Conferências do Esporte Clube Pinheiros em São Paulo, será realizada uma reunião com as equipes que participarão do Campeonato Nacional, para a qual estão convidados os 14 técnicos e respectivas comissões técnicas das mesmas, assim como todos os profissionais envolvidos com basquete no país. O encontro se iniciará às 10:00 com uma palestra sobre arbitragem com Geraldo Fontana. Pausa para almoço às 13:00, e reinicio às 14:30 com um discurso(?) do Professor Alberto Bial sobre a união dos técnicos com término às 18:00 horas! A nota segue com assuntos que estarão em pauta, assim como expectativas e sugestões esperadas no evento. Vale à pena ler tal documento, que prima em seu convite aos profissionais envolvidos com basquete no país, com um prazo de 3 dias para se deslocarem até São Paulo, prazo este exíguo até para àqueles incautos residentes em estados limítrofes a SP, quiçá para os demais nesse país de dimensões continentais. Mas o que impressiona de verdade é a pauta de sugestões a serem discutidas, inacreditáveis em seus teores voltados a interesses que raiam o absurdo, e que lá estão. Cito algumas: “Tentativa de padronização na conduta de quadra e ética entre todos os técnicos”. Se não bastasse a imposição de padronização no sistema de jogo, tentada, divulgada e sedimentada nos últimos vinte anos, e que nos levou ao fundo do poço técnico-tático
em que nos encontramos, querem estabelecer uma padronização de conduta de quadra! Incrível a presunção dessa gente, e que ainda vem falar em ética entre todos os técnicos. Ética é o respeito ao livre arbítrio, ao livre pensamento, à dualidade, ao exercício da criatividade, antítese do pacote técnico-tático criminoso e colonizado, a serviço de culturas que nada têm com a nossa realidade. Mais adiante um paradoxo: “Padronizar e combinar para que todas as equipes defendam do lado do próprio banco no segundo tempo de jogo, ao invés de seguir recomendação da FIBA para que os bancos sejam trocados”. Está lá escrito, mas não mencionam o porque de tal padronização. Simplesmente querem manter o controle total e abusivo sobre a movimentação defensiva de seus jogadores,”padronizando” o ridículo balé ao lado da quadra, como se fosse tal intervenção a chave para a performance vencedora de suas equipes. Estudar, adequar, treinar exaustivamente suas defesas é que deveria ser incentivado no comportamento de todos os técnicos, e não se renderem à síndrome da luz vermelha, aquela que estabelece estar uma câmera de TV em funcionamento. Finalmente, abordarão a Associação de Técnicos APROBAS. Sugerem a filiação de todos os técnicos que queiram seguir carreira, independente da categoria que queira dirigir(Ué, não poderão fazê-lo se não se filiarem?…), e que seja feito um rank(?) para melhor podermos trabalhar nossos atletas e futuro da modalidade.Comunicam que em dezembro haverá uma nova eleição na APROBAS e ficou sugerido que o novo presidente possa reativar a Associação visando dar maior importância a encontros, fóruns e eventos envolvendo o basquete. Somente omitem o fato de que seu atual presidente é o recordista de clinicas para técnicos patrocinadas pela CBB nas federações que compõem seus votos vencedores, e técnico de seleções brasileiras de base, e por conseguinte, sem tempo para se submeter às exigências de um presidente de associação representativa de classe. Lamentável agenda, sob todo e qualquer aspecto que se queira analisar como de real interesse para os técnicos espalhados por esse imenso país, a não ser para aqueles poucos, porém bem ancorados nas atrativas e atraentes tetas da CBB. Quanto ao prometido “Link dos técnicos na página da CBB e/ou APROBAS para nele serem discutidos e divulgados eventos, palestras, clinicas e artigos escritos e postados por todos os interessados”, creio ser dispensável, e até indesejável, pois temos em nosso país excelentes páginas na internet que deram, dão e darão banhos memoráveis a qualquer canhestra tentativa de concorrência estabelecida por uma entidade desprovida da mais primária das qualidades, a confiabilidade. Ao término da nota um lembrete elucidativo:”Convidados, informar na Portaria do EC Pinheiros que irão participar da reunião técnica da comissão executiva de clubes, favor irem ao evento portando documento de identidade que será exigido na entrada do clube”. Creio que não é preciso dizer mais nada, a não ser, INACREDITÁVEL!



2 comentários

  1. wrestler 25.04.2008

    Boa Tarde

    Bem venho acompanhando o abismo que se encontra o basquete brasileiro, mas tenho certeza que esse abismo ja vem de muito tempo em termos de infra estrutura e improviso pois grandes nomes como paula hortencia marcel e oscar ao mesmo tempo que mostrava seu talento, maquiava( sem terem culpa de nada) com seu talento a total falta de uma estrutra profissional no basquete brasileiro hoje esses ex talentos pararam de jogar o que aconteceu com o basquete masculino estamos indo para a terceira olimpiada fora tenho certeza disso, se era para trazer um estrangeiro trazia em 2004 e nao agora, deixaram o lula, ficamos em 17 no ultimo mundial para o grego foi um acidente mas no esporte de hoje em dia esses fracassos sao uma mostra de falta de profissionalismo, o feminino é outra realidade pois a concorrencia é pequena pois se voce tirar russia , usa e australia o brasil se nivela com qualquer equipe mas o problema quenao temos mais talentos o ultimo foi a janete e estamos vendo que com o fim de equipes como o bcn e do parana, campinas e presidente prudente isso nos anos 90 o basquete feminino brasileiro é um fenomeno pois depois de varios titulos mundiais e medalhas olimpicas eramos para estar num nivel profissional mas a realidade qual é a volta do amadorismo por isso acho que esse abismo que se encontra o basquete brasileiro ja vem de longa data. um abraço

  2. Basquete Brasil 26.04.2008

    Prezado Wrestler,emulando um célebre pensamento do Presidente Kennedy,estava na hora de questionarmos não o que o basquete possa fazer por nós,e sim o que podemos fazer pelo basquete.Um pouco de cada um seria o bastante para soerguê-lo.Um abraço,Paulo Murilo.

Deixe seu comentário

Comentários Recentes


    Warning: mysql_query(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_query(): A link to the server could not be established in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 8