CUCARACHA’S FANS at Basquete Brasil

CUCARACHA’S FANS

Constroe-se um ginásio para 15000 pessoas, ao preço de alguns milhões de suados reais, para o basquete do Pan desfilar imponente com suas seleções de grandes astros, liderados por comissões que se acham mais astros que os verdadeiros astros, na maior competição das Américas, classificada por alguns deslumbrados como a segunda maior competição mundial, perdendo em importância somente para as Olimpíadas, e o que, de repente acontece? Importância? Pois é caros basqueteiros, tão “importante” que os “Reis da modalidade” não porão seus caríssimos e personalizados keds em terrae brasilis. Os norte-americanos simplesmente não virão ao Pan, por considerá-lo inexpressivo, ao não influir em qualquer tipo de classificação para competições de maior envergadura. Ou seja, qualquer manifestação de ideal desportivo, congraçamento entre nações, irmandade continental, ou simplesmente, prestigiar uma competição entre nações vizinhas e historicamente amistosas, inexiste para o vizinho do norte, que não se dignará a um reles passeio pelo quintal ao sul do equador. Quero ver as carpideiras de plantão gastarem resmas de papel para justificar o injustificável, mergulhados na adoração fanática de quem nasceu para tiéte do inalcançável, do utópico principio igualitário.

E desde quando americano está interessado em um mercado futuro que se nega a uma ALCA? Interesses esportivos são os únicos motivos para a debandada?E não se iludam,as modalidades que enviarão representarão suas segundas e terceiras forças, pois mercados asiáticos e europeus, e até africanos, se mostram muito mais atraentes que um Mercosul qualquer da vida, que como qualquer vida, é passageira,claro, na concepção dominante deles.

E ficam nossos grandes estudiosos, planejadores e lideres esportivos metendo o pau em nossas, minhas, suas parcas economias em nome de uma competição que nos levará aos píncaros do reconhecimento internacional, para o enlevo de seus egos inchados pela ambição pessoal, a milhões de quilômetros de nossa verdadeira e urgente necessidade, a premente educação para nosso povo.

Na grande arena desportiva do autódromo assistiremos uma competição onde o grande competidor não participará, por considerar que simplesmente não valerá à pena, deixando, não a mim, mas a uma plêiade cucaracha, órfã e literalmente pendurada na broxa.

Creio que já se faz necessário voltarmos urgentemente para nossos problemas internos, em vez de gastarem-se milhares de textos em coberturas, entrevistas, tietagens explicitas e adulações constrangedoras, com um basquete que nos rejeita, esnoba e humilha de forma tão contundente. E não se iludam as demais modalidades, pois a esnobação não recairá tão somente com o basquete, pois eles sabem, bem mais do que nos, o que querem e podem alcançar com a força do desporto. Primeiro mundo é isso ai gente!

PS- Site elucidativo : http://www.usabasketball.com/schedule/calendar.html



2 comentários

  1. Lopes (Indio) 08.01.2007

    Professor,
    Puxa vida né, e tem alguns grandes idolos do nosso basquete tupiniquim que dizem que foi o mais importante titulo daquela geração, exatamente o do Panamericano de Indianapolis…
    Concordo em uma coisa com eles, conseguiram antecipar a presença dos profissionais da NBA nas Olimpiadas e diante daquilo pude ver o verdadeiro ¨Drean team¨ em quadra…
    Então Professor, acredita que isto possa ter interferido em alguma estrategia de participação, desde aquela epoca? Grande abraço.

  2. Basquete Brasil 09.01.2007

    Prezado Lopes,se algo existia daquela época os americanos enterraram com a demolição do ginasio de Indianápolis.O que ocorre em nossos dias está mais para político que desportivo.São as pressões deste mundo globalizado, onde as leis do mercado impõem normas e comportamentos.Errados são aqueles que seguem a cartilha, por interesses nem sempre transparentes.Um abraço,Paulo murilo.

Deixe seu comentário

Comentários Recentes


    Warning: mysql_query(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_query(): A link to the server could not be established in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 8