PROBLEMAS E ABORDAGENS (ARTIGO 1100)…

P1020812P1020813Arremesso de 3 do ArthurP1020819P1020815P1020818P1020823P1020824

Terminada a série de jogos e torneios preparatórios, a seleção masculina permanece presa a muitos problemas técnicos e táticos, nem um pouco amenizados pela presença do Faverani no jogo de ontem para dar o seu “incentivo” como membro da família NBA, e já preparando o terreno para o Mundial, se classificada a equipe pela turma remanescente de apoio, quando um de seus membros cederá seu lutado e suado espaço para tão importante e fundamental personagem…

 

Mas voltando ao que realmente interessa, o Magnano, magnânimo como nunca, concedendo longa entrevista na quadra de jogo à repórter da TV, expôs sua mágoa e decepção com a saída do Marcos, seu cacife de manga como explicou didaticamente sobre sua importância no grupo e em suas opções táticas, demonstrando clara insatisfação pela surpreendente dispensa motivada por uma dor que a comissão medica julgava perfeitamente administrável, causando uma séria crise de qualidade justamente quando opta por uma dupla armação direcionada às ações em velocidade dentro do perímetro e evidente reforço defensivo, onde sua grande estatura e mobilidade propiciariam bons e precisos arremessos, inclusive os de fora, onde se concentra a notória artilharia cardinalícia e de outros ainda em processo de equalização com a mesma.

 

Porém um fato em si poderia equilibrar tal volúpia de três de uma equipe predisposta às bolinhas, sua real capacidade de penetração pelas alas, que conta somente com o Alex para acompanhá-lo de verdade, pois os demais entre chutar e ir lá para dentro não pensam duas vezes, estilingam mesmo (contidos ontem, pois afinal de contas ainda resta um corte…), exceto dois dos armadores, o Huertas e o Larry, que mesmo assim já ensaia uma temporada lá de fora.

 

Sem o cara, o que fazer então, senão priorizar o jogo interno para valer, encontrando nesse pormenor sua maior limitação originada pela ausência do Delfin, do Varejão, do Spliter, dos Lucas (um deles dispensado por ele), e sei mais lá quantos, todos incensados pela mídia especializada, mas que na hora da pedreira, ó…mas que lá estarão candidatos e lampeiros para o Mundial e a suprema vitrine, as Olimpíadas.

 

Pois é, os problemas ai estão, dentro e fora do perímetro, mais dentro, onde os pivôs oscilam entre a morosidade de uns e a fuga em busca dos longos arremessos de outros, e que somente encontra no Rafael a figura de impacto nas finalizações e nos rebotes defensivos com velocidade e decisão, mas que no conjunto não conseguem se posicionar com eficiência nos ofensivos (analisem as fotos), fundamentais para uma equipe que adora chutar de fora.

 

E se não bastasse, os armadores ainda não se conscientizaram de que têm de se ajudar, não atuarem como compartimentos estanques, e que devem oferecer aos pivôs uma permanente continuidade de movimentos e penetrações ofensivas, na entrada e saída dos passes, não os deixando pendurados na brocha, sem perspectivas e opções (vide fotos), que creio e acredito ser do desejo do bom argentino, que ainda crê na qualidade criativa e corajosa de dois de seus condutores, o Raul e o Luz, muito distantes ainda da qualidade exigida para a especialíssima função de liderar um time na acepção do termo, principalmente uma seleção nacional, esquecendo outros armadores bem melhores e experientes do que eles, mas marketing é isso ai, ainda mais sob o peso de uma NBA…

 

Enfim, tem em mãos o campeão olímpico, uma bananosa daquelas, mas que acredito poder ser razoavelmente descascada por ele, claro, se determinar enfaticamente, como ontem, maior rigor defensivo, mais jogo interior, menos aventuras, menos chutação desvairada, mais coordenação ofensiva, menos erros de fundamentos, mais comprometimento, o de verdade, e não aquele movido pelo temor do corte…

 

Aliás, seria de enorme ajuda deixar o último para depois do torneio em Porto Rico, dando chance ao time de se entrosar como deve, e não por força de uma instabilidade posicional, afinal de contas, se vícios não desvanecem pela conversa, quem sabe pela dúvida?

 

Poderemos ir razoavelmente bem na Copa América, mas na medida em que sejam superados alguns obstáculos, sendo o maior deles a notória falta de humildade e de obediência a um bem comum por parte de alguns, manjados aliás…

 

Amém.

 

 

Fotos – Reproduções da TV, e que estão legendadas. Clique nas mesmas para ampliá-las.

 



Deixe seu comentário

Comentários Recentes


    Warning: mysql_query(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_query(): A link to the server could not be established in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 7

    Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/paulo/public_html/blog/wp-content/themes/paulomurilo/functions.php on line 8