A PRANCHETA DO ANO…

 

Das muitas pranchetas que flagrei pela TV, ai estão oito (contagem de cima para baixo), e convido a todos que nomeiem a mais “técnica e expositiva“ de todas, e se possível tentando descrever as táticas e movimentos expostos na mesma.

 

A vencedora ostentará o título de “Prancheta do ano”, como reconhecimento de sua fundamental importância para o desenvolvimento do basquetebol nacional.

 

Mãos à obra então…

 

Amém.

Fotos – Reproduções da TV.  Clique nas mesmas para ampliá-las.

 

P1020307P1000621P1040088-001IMGP1337P1000629P1040140P1040279P1000619



2 comentários

  1. Diego Saraiva Felipe 19.12.2013

    Professor, acredito que a quinta, de cima para baixo, é uma obra de arte digna de Pablo Picasso e Salvador Dalí… surrealismo técnico (pois das execuções dos fundamentos, surrealmente pobres) com um cubismo tático (cheio de bizarrices e quebras de ritmo(?) da equipe)… tal prancheta deveria ser exposta com o subtítulo “Sobre o que há de errado no basquete brasileiro.”

  2. Basquete Brasil 19.12.2013

    Somente as civilizações que nos legaram escrita e imagens puderam ser avaliadas pelas que as sucederam com o rigor necessário para conhecê-las e interpretá-las, prezado Diego. Exemplos como a prancheta escolhida por você, bem exprimem o que há de errado em nosso basquetebol, onde a simplicidade e a clareza se perdem no emaranhado disforme de algo inexplicável e profundamente equivocado. Mesmo a mais cifrada das escritas, como a hieróglifa puderam ser traduzidas, e essa, poderia sê-la? Duvido, decididamente, duvido.
    Vida que segue. Um abraço, Paulo Murilo.

Deixe seu comentário