INTENSIDADE, E SÓ…

Ora bem, aconteceram dois jogos, com duas vitórias, suadas e apertadas, mas vitórias, que para o momento por que passa o basquete feminino vieram em boa hora. Não discutiremos o valor das adversárias, se completas ou não, se adeptas da correria e da chutação de três ou não, mas tão somente o lado de cá, que é que nos interessa de momento. E deste lado, um dado, um único dado prevaleceu além dos enormes e costumeiros erros de fundamentos (contra o Canadá foram 19, contra Porto Rico alguns mais , porém não calculados pela ausência das estatísticas não veiculadas), arremessos falhos de todas as distâncias, com os de três insistentemente reivindicados pela comentarista Hortência como a salvação da equipe no segundo jogo, ante a fechada defesa caribenha, quando o decantado 5 x 5 nacional não conseguia penetrá-la, equilibrando o confronto, sobrando o dado antes mencionado, tido e havido como o fator decisivo para as vitórias, inclusive pelo seu treinador, a intensidade de jogo por quase todo o tempo das partidas, fruto da excelente forma física apresentadas pela maioria da equipe, excetuando-se aquelas poucas nitidamente fora do peso atenuando sua mobilidade. Sem dúvida alguma correram e pressionaram muito, e por bastante tempo, revezando-se seguidamente na busca da cereja do bolo, a intensidade, mencionada como marca registrada das equipes dirigidas pelo novel treinador nacional. Ponto para a comissão liderada por ele, adepta de carteirinha da preparação física científica, aquela que nos tem privado em um terço do tempo do treinamento estratégico dos fundamentos, exatamente o nosso tendão secular de Aquiles, trocado por testes e musculação de alta tecnologia, quando um trabalho forte e realmente sério na preparação, ensino e intensa prática com bola nos fundamentos, em muito, e com mais vantagens técnicas, emularia condicionamentos físicos, trocando aparelhos mecânicos por bolas, aquele básico instrumento que atrapalha muita gente convocada como estrelas de primeira grandeza, a mesma bola que a comentarista Hortência manipulava com muito mais firmeza e comprovado conhecimento do que um microfone. Claro que aqueles tecnológicos e caríssimos equipamentos poderiam complementar algumas carências físicas das jogadores, mas jamais torná-los primordiais no treinamento e aprendizagem do gesto desportivo, aspecto que contraria muito pseudo cientista do desporto (creio que agora reconhecidos como profissão), porém endeusados como os responsáveis pelo dado modal do momento, a intensidade…

Muito bem, correram como nunca, atacando e defendendo, cansaram as adversárias, roubaram bolas, lutaram tenazmente, se sacrificaram, venceram, fizeram seu trabalho, porém continuaram a errar, e muito, nos fundamentos, nos arremessos, longos, curtos e curtíssimos, pecaram na ambidestralidade nos dribles, nos passes paralelos a linha final, nas andadas e conduções, e principalmente na defesa e nos estratégicos rebotes, ações treináveis, de aprendizagem e prática diária, pois é a ferramenta de trabalho de todas elas, armadoras, alas e pivôs, jovens ou veteranas, prioritariamente acima de horas incontáveis em academias, e tão ou mais eficientes na preparação anaeróbica e aeróbica do que as mesmas, com uma inegável e indiscutível vantagem, a perene companhia de uma bola…

No breve amanhã de competições mais sérias, importantes e desafiadoras, serão os fundamentos embasando os sistemas de jogo, que sem os mesmos jamais funcionarão, a célula mater do grande jogo a ser buscada com a maior intensidade possível, replicando na prática sua estratégica importância, muito, muito além daquela intensidade vista nesses dois jogos, oportuna pelas vitórias alcançadas (inclusive emocionando despretensiosamente seu treinador…), porém insuficiente pela intensidade aqui exposta e defendida, unicamente com fatos e fatores técnicos, tão somente isso…

Que tal mudar de intensidade, hein?…

Foto e Vídeo – Reproduções da TV.

Amém.



2 comentários

  1. PEDRO RODRIGUES DE SOUZA 11.08.2019 (1 week ago)

    PASSAMOS VÁRIOS DIAS SEM NOS COMUNICARMOS.
    VOCÊ É IMUDÁVEL.CONTINUA NA SUA MESMA TRAJETÓRIA.

    Seguem as minhas atuais considerações:O QUE É SER COERENTE. VOCÊ É UM PESSOA COERENTE

    A palavra coerência se refere a algo que é congruente, ou seja, tem lógica, harmonia e conexão entre dois fatos ou ideias. Esse conceito costuma ser aplicado a textos escritos e falados e, também, ao comportamento dos indivíduos. Portanto, se você quer saber o que é uma pessoa coerente e quais são os benefícios de conviver com elas e adotar esse comportamento, continue acompanhando ESTA FALA…
    O Que é uma Pessoa Coerente?
    Como disse no início, a palavra coerência se refere a algo que tem harmonia entre dois fatos e ideias. Se, por exemplo, eu disser que estou com calor e, por isso, vou vestir um casaco, estou sendo coerente? Posso até imaginar você balançando a cabeça afirmando que não, e está certo em sua resposta. Quando uma ideia entra em conflito com a outra e não a confirma, é sinal de incoerência.
    Mantendo esse conceito no âmbito do nosso comportamento, podemos dizer que um indivíduo é coerente quando suas atitudes têm conexão com suas palavras e vice-versa. Uma pessoa que prega a respeito da importância da bondade e se dedica a ajudar o próximo está sendo coerente. Assim como existem outras pessoas que, por sua vez, falam que valorizam a sinceridade, mas não perdem a oportunidade de falar mal de quem quer que seja. Inclusive, os incoerentes têm até um ditado que os representa muito bem, e que diz – “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”.
    Coerência Atrai Confiança
    A confiança é algo conquistado com o tempo, pouco a pouco. Quando se conhece uma pessoa, é natural observar suas atitudes, a fim de constatar se estão de acordo com a sua fala. Em se tratando de políticos, por exemplo, uma das maiores reclamações dos eleitores em nosso país diz respeito à incoerência entre o que é dito durante os discursos de campanha para angariar votos e as ações tomadas durante o mandato. A coerência é algo muito valorizado é indispensável para conquistar a confiança da sociedade.
    Existe uma expressão que diz “fulano é uma pessoa de palavra” e ela se refere a aqueles indivíduos que mantêm o que falam, pois o fazem com convicção, com base no que acreditam e em seus valores morais. Já em relação aos incoerentes, as pessoas costumam dizer “o que fulano fala não se escreve”, ou seja, dificilmente cumprem o que prometem e, por isso, nunca são levados a sério.
    Seguindo essa linha de raciocínio, podemos constatar o quanto a coerência é valorizada e importante. Seja no âmbito social, pessoal ou profissional, o mundo precisa cada vez mais de pessoas assim, que agem de acordo com o que dizem e que inspirem confiança. Ser coerente é ser honesto, consigo mesmo e com os outros.
    Quando a Mudança é Necessária
    Um ponto extremamente importante a ser tratado em relação a esse tema é que, para ser coerente, você não precisa se manter pensando e agindo da mesma forma durante toda a sua vida. A mudança de ideias e atitudes faz parte do processo de evolução humana, então, permita-se se transformar e buscar ser uma pessoa melhor a cada dia. Evite se culpar por isso, pois mudar não é sinal de incoerência, pelo contrário, representa maturidade, que você tem a capacidade de se reavaliar e a coragem para evoluir.

    A chamada coerência adaptativa se refere à mudança de ideia que ocorre através da conquista de novas percepções, experiências e conhecimentos. Se evoluir é algo em que acredita e busca, logo, ao mudar determinada mentalidade e comportamento, estará sendo coerente consigo mesmo.
    A Importância Coerência na Carreira Profissional
    O mercado está cada vez mais em busca de profissionais coerentes, que vivem na prática todas as características que descrevem no currículo e na entrevista de emprego. Inclusive, os recrutadores costumam fazer perguntas específicas para detectar aqueles candidatos que têm ideias e atitudes incoerentes e que estejam em desacordo com os valores da empresa.
    Um comportamento coerente no trabalho se torna ainda mais necessário em cargos de gerência, em que o profissional irá liderar uma equipe de pessoas. Um líder que age de forma diferente daquilo que prega, além de estar dando um mau exemplo, poderá desmotivar o grupo, que não terá confiança nele e, também, se sentirá inferiorizado. Uma atitude considerada banal, como exigir pontualidade e sempre deixar as pessoas esperando, é sinal de incoerência.
    Um profissional coerente é aquele que baseia as suas atitudes na ética, na honestidade e em seus valores pessoais. Ao agir dessa forma, você não estará perdendo nada, mas sim conquistando algo que é fundamental para ter uma carreira sólida e de sucesso. Confiança e credibilidade não podem ser comprados e nem adquiridos do dia para a noite, é algo que leva tempo e que vale todo o esforço.
    Convite à Reflexão: Você é uma Pessoa Coerente?
    Depois de saber mais a respeito do conceito e importância da coerência, te convido a refletir sobre o seu comportamento. De 0 a 10, você se considera uma pessoa coerente? Acredita que está agindo em concordância com os seus pensamentos e sentimentos? Considere suas atitudes como cidadão, no trabalho, com amigos e familiares e, também, em relação às sua crença religiosa, se tiver. A resposta está dentro de você e, para chegar até ela, será necessário buscar o autoconhecimento, para entender a origem do que sente e das suas emoções.
    Através dessa reflexão, você poderá chegar a conclusões transformadoras, como, por exemplo, se suas atitudes estão congruentes em relação aos seus sonhos e metas. Se não estiverem, pense no que pode fazer para que elas entrem em harmonia. Faça disso um exercício diário, para se manter sempre coerente de acordo com o que deseja e acredita. Essa atitude simples te ajudará a alinhar suas ações e impulsionar o seu poder de conquistar o que quiser.
    A coerência é uma palavra bastante utilizada, mas poucos a vivem na essência. Então, aconselho que procure sempre viver em harmonia com o que pensa, sente e acredita. Isso te dará o suporte para conquistar os seus objetivos, inspirar confiança e ser mais feliz. Aceite o desafio de ser verdadeiro com a pessoa mais importante da sua vida: você. Seja congruente!
    Que é uma Pessoa Coerente e Por Que Devemos Tê-las Por Perto?
    A palavra coerência se refere a algo que é congruente, ou seja, tem lógica, harmonia e conexão entre dois fatos ou ideias. Esse conceito costuma ser aplicado a textos escritos e falados e, também, ao comportamento dos indivíduos. Portanto, se você quer saber o que é uma pessoa coerente e quais são os benefícios de conviver com elas e adotar esse comportamento, continue acompanhando este artigo.
    O Que é uma Pessoa Coerente?
    Como disse no início, a palavra coerência se refere a algo que tem harmonia entre dois fatos e ideias. Se, por exemplo, eu disser que estou com calor e, por isso, vou vestir um casaco, estou sendo coerente? Posso até imaginar você balançando a cabeça afirmando que não, e está certo em sua resposta. Quando uma ideia entra em conflito com a outra e não a confirma, é sinal de incoerência.
    Mantendo esse conceito no âmbito do nosso comportamento, podemos dizer que um indivíduo é coerente quando suas atitudes têm conexão com suas palavras e vice-versa. Uma pessoa que prega a respeito da importância da bondade e se dedica a ajudar o próximo está sendo coerente. Assim como existem outras pessoas que, por sua vez, falam que valorizam a sinceridade, mas não perdem a oportunidade de falar mal de quem quer que seja. Inclusive, os incoerentes têm até um ditado que os representa muito bem, e que diz – “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”.
    Coerência Atrai Confiança
    A confiança é algo conquistado com o tempo, pouco a pouco. Quando se conhece uma pessoa, é natural observar suas atitudes, a fim de constatar se estão de acordo com a sua fala. Em se tratando de políticos, por exemplo, uma das maiores reclamações dos eleitores em nosso país diz respeito à incoerência entre o que é dito durante os discursos de campanha para angariar votos e as ações tomadas durante o mandato. A coerência é algo muito valorizado é indispensável para conquistar a confiança da sociedade.
    Existe uma expressão que diz “fulano é uma pessoa de palavra” e ela se refere a aqueles indivíduos que mantêm o que falam, pois o fazem com convicção, com base no que acreditam e em seus valores morais. Já em relação aos incoerentes, as pessoas costumam dizer “o que fulano fala não se escreve”, ou seja, dificilmente cumprem o que prometem e, por isso, nunca são levados a sério.
    Seguindo essa linha de raciocínio, podemos constatar o quanto a coerência é valorizada e importante. Seja no âmbito social, pessoal ou profissional, o mundo precisa cada vez mais de pessoas assim, que agem de acordo com o que dizem e que inspirem confiança. Ser coerente é ser honesto, consigo mesmo e com os outros.
    Quando a Mudança é Necessária
    Um ponto extremamente importante a ser tratado em relação a esse tema é que, para ser coerente, você não precisa se manter pensando e agindo da mesma forma durante toda a sua vida. A mudança de ideias e atitudes faz parte do processo de evolução humana, então, permita-se se transformar e buscar ser uma pessoa melhor a cada dia. Evite se culpar por isso, pois mudar não é sinal de incoerência, pelo contrário, representa maturidade, que você tem a capacidade de se reavaliar e a coragem para evoluir.

    A chamada coerência adaptativa se refere à mudança de ideia que ocorre através da conquista de novas percepções, experiências e conhecimentos. Se evoluir é algo em que acredita e busca, logo, ao mudar determinada mentalidade e comportamento, estará sendo coerente consigo mesmo.
    A Importância Coerência na Carreira Profissional
    O mercado está cada vez mais em busca de profissionais coerentes, que vivem na prática todas as características que descrevem no currículo e na entrevista de emprego. Inclusive, os recrutadores costumam fazer perguntas específicas para detectar aqueles candidatos que têm ideias e atitudes incoerentes e que estejam em desacordo com os valores da empresa.
    Um comportamento coerente no trabalho se torna ainda mais necessário em cargos de gerência, em que o profissional irá liderar uma equipe de pessoas. Um líder que age de forma diferente daquilo que prega, além de estar dando um mau exemplo, poderá desmotivar o grupo, que não terá confiança nele e, também, se sentirá inferiorizado. Uma atitude considerada banal, como exigir pontualidade e sempre deixar as pessoas esperando, é sinal de incoerência.
    Um profissional coerente é aquele que baseia as suas atitudes na ética, na honestidade e em seus valores pessoais. Ao agir dessa forma, você não estará perdendo nada, mas sim conquistando algo que é fundamental para ter uma carreira sólida e de sucesso. Confiança e credibilidade não podem ser comprados e nem adquiridos do dia para a noite, é algo que leva tempo e que vale todo o esforço.
    Convite à Reflexão: Você é uma Pessoa Coerente?
    Depois de saber mais a respeito do conceito e importância da coerência, te convido a refletir sobre o seu comportamento. De 0 a 10, você se considera uma pessoa coerente? Acredita que está agindo em concordância com os seus pensamentos e sentimentos? Considere suas atitudes como cidadão, no trabalho, com amigos e familiares e, também, em relação às sua crença religiosa, se tiver. A resposta está dentro de você e, para chegar até ela, será necessário buscar o autoconhecimento, para entender a origem do que sente e das suas emoções.
    Através dessa reflexão, você poderá chegar a conclusões transformadoras, como, por exemplo, se suas atitudes estão congruentes em relação aos seus sonhos e metas. Se não estiverem, pense no que pode fazer para que elas entrem em harmonia. Faça disso um exercício diário, para se manter sempre coerente de acordo com o que deseja e acredita. Essa atitude simples te ajudará a alinhar suas ações e impulsionar o seu poder de conquistar o que quiser.
    A coerência é uma palavra bastante utilizada, mas poucos a vivem na essência. Então, aconselho que procure sempre viver em harmonia com o que pensa, sente e acredita. Isso te dará o suporte para conquistar os seus objetivos, inspirar confiança e ser mais feliz. Aceite o desafio de ser verdadeiro com a pessoa mais importante da sua vida: você. Seja congruente!

  2. Basquete Brasil 12.08.2019 (6 days ago)

    Pedro, somos ambos coerentes, firmes e petreamente amparados pelas propostas e lutas enfrentadas em nossa vida profissional e professoral. Sem dúvida cometemos erros, somos humanos, mas jamais intencionais, sempre na busca de padrões que justificassem os imensos sacrifícios a que fomos, e ainda somos submetidos pela mesmice autofágica e corporativada existente nesse imenso pantanal em que transformaram a educação e a cultura deste continental e injusto país. Mas enquanto existir forças e disposição em nossas vidas, a luta continua. Um abração. Paulo Murilo.

Deixe seu comentário